quarta-feira, 18 de agosto de 2010

Sem Você



Sem você todos os caminhos são longos,
A estrada perigosa, irreal.
Sem você a noite é só uma noite a mais,
Escura, sombria, impotente, sem magia.

A lua se esconde, não brilha,
E as estrelas parecem tristes,
Os pássaros entoam cantos de dor,
As flores não exalam perfume algum.

Longe de você o tempo se arrasta,
Os ponteiros perdem a pressa,
O sol se firma no céu,
A noite não vem não começa novo dia.

Sem o seu calor meu coração, pulsa,
Mas, não há vibração.
O seu gosto me faz falta,
O seu cheiro me embriaga,
Mas, você não está aqui.


4 comentários:

Ocorreu um erro neste gadget