domingo, 5 de julho de 2009

Xênia Maria Vida



Eu só consigo ser feliz se for livre.

Nasci com asas,

Tenho a sede dos pássaros!

Quero voar alto!

Quero caminhar sem rumo.

Não quero conhecer rotas e modelos.

Sou única e tenho a vida em minhas mãos...

Não é possível domesticar me.

Sou fera, selvagem, destemida!

Desafio o perigo e as armadilhas.

Mas, desejo o bem sempre.

Adoro o vento, a chuva, os raios e as trovoadas.

Am o cheiro da terra molhada e das matas fechadas.

Sou amante da vida, apaixonada pela vida,

Vida essa que existe para ser vivida.

Não!

Não vou assistir minha vida passar.

Nesse teatro eu sou a atriz principal em cena.

O resto... é conseqüência.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget