domingo, 5 de julho de 2009

Noite vazia



Quero te encontrar,

Preciso te ver de qualquer jeito...

Quero seu abraço para me guardar.

Quero a noite como testemunha por que depois do amor,

vou adormecer

e ainda a seu lado

sonhar com você.

Com você vieram as luzes e as cores.

Como sou feliz perto do seu corpo!

Nossos corpos nus e um só coração pulsando,

no mesmo compasso.

Nosso brilho é insubstituível.

Antes de você todos os meus sorrisos eram falsos,

Tinha a ilusão de ser feliz!

Só agora desvendei a felicidade.

Você é minha lua cheia de amor refletida nas águas do meu rio,

Seu esplendor me faz completa.

É o seu sorriso que me envenena.

Seu beijo é punhal que me fere.

Sua ausência a doença incurável que depura meu ser.

Nessa noite vazia e eterna,

onde estará você?

Ah, quanta vontade de ti, meu amor!"

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget