quarta-feira, 15 de julho de 2009

Lamento



Agora é madrugada e eu espero o dia,

Estou completamente só nesta noite linda,

Lá fora, não existe nada além do silencio.

Ouço uma canção que fala da saudade que sinto.

Escrevo, por que é a única forma de lhe dizer desse amor que sinto.

Não sei por que insisto.

Estou perdida

A cada instante nova confusão acontece dentro desse coração assustado,

Já não sei quem sou,

Não sei quem é dono de mim.

Não sei se vale o meu querer,

Não sei se vale a opinião das pessoas...

Os valores de uma sociedade hipócrita...

Ou a verdade do meu amor por você.

Sei que nosso amor é proibido, condenado,

Sei que se eu tivesse escolha não teria me apaixonado assim.

E nem você que é tão firme conseguiu trancar as portas do seu coração,

O que nos resta é a luzinha no fim do túnel

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget