quarta-feira, 29 de julho de 2009

Amor nas nuvens





Contemplo-te, maravilhosa
Neste belo céu azul,
Deitada em nuvem branca
Enfeitada, cor-de-rosa.


Sol, afaste teus rais de luz
Da face do meu amor,
E não derreta esta nuvem
Prá não fugir minha amada.


Quando chegar a noite,
Teu brilho próprio te mostra
Mais bela que a própria lua,
E eu choro da minha rua.


Desejo morrer de amor`
Prá subir até você,
Enquanto vivo está longe
Tua alma da minha dor.

Por: Jarossi

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget