quarta-feira, 24 de junho de 2009

Replay



Outra vez me invade essa paixão,

Procuro montar nosso quebra-cabeça,

Passar nosso filme,

Rever nossa fala a cada cena.

Será?

E se assim não for?

Mesmo assim será?

Sinto saudades de você,

Desejo beijar seus lábios tão lindos,

Quero tanto voltar àquela cena,

Não quero só assistir e sonhar.

Você abriu caminhos desconhecidos,

Trouxe-me paz e aflição:

Preciso da sua presença para apagar minha solidão.

É noite!

Eu não estou mais aqui,

Ouça minha respiração a seu lado,

Perceba meu corpo buscando o seu para abrigar todo esse amor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget